Frequently Asked Questions.

Qual a diferença entre uma Sociedade Gestora de Fundos de Investimento e um Banco/Instituição de Crédito?
+

As sociedades gestoras de fundos de investimento são sociedades anónimas que têm por objeto a administração, exclusivamente em representação dos participantes, de um ou mais fundos de investimento, bem como a administração de um conjunto de bens, que se designam por carteiras, pertencentes a terceiros. Divergem da banca por não poderem aceitar depósitos nem deter carteira própria, estarem impedidas de conceder crédito e/ou prestar garantias.
As sociedades gestoras de fundos de investimento, nas quais a LYNX Asset Managers se inclui, excetuando o facto de não poderem aceitar depósitos podem,no entanto, exercer um conjunto alargado de actividades, delas destacando-se:

  • Adquirir e alienar quaisquer valores e exercer os direitos direta ou indiretamente relacionados com os bens do fundo;
  • Emitir, em ligação com o depositário, as unidades de participação e autorizar o seu reembolso;
  • Determinar o valor da unidade de participação;
  • Selecionar os valores que devem constituir o fundo, de acordo com a política de investimento prevista no respectivo regulamento de gestão, e efectuar ou dar instruções ao depositário para que este efetue as operações adequadas à execução dessa política;
  • Manter em ordem a escrita do fundo;
  • Dar cumprimento aos deveres de informação estabelecidos por lei ou pelo regulamento de gestão;

Em resumo, as sociedades gestoras de fundos de investimento oferecem alternativa às formas tradicionais de gestão de ativos, sejam eles mobiliários, imobiliários ou outros, permitindo entre outros, o acesso a uma gestão especializada, focalizada e altamente profissional.

Tal como um banco, as sociedades gestoras de fundos de investimento são supervisionadas por Banco de Portugal e CMVM.


O que significa o termo “Ativos sob Gestão” ?
+

Os activos sob gestão, ou assets under management (AUM) referem-se ao montante colocado por investidores numa dada sociedade gestora.
São uma métrica importante na avaliação deste tipo de sociedades gestoras, pois existe uma quantidade de custos fixos apreciáveis na atividade (desde sistemas informáticos a imposições de reguladores), e o comissionamento (especialmente a comissão de gestão) tende a ser proporcional ao montante gerido.

Ou seja, um aumento dos ativos sob gestão tende a ter um impato mais que proporcional sobre a rendibilidade da atividade de gestão.


A LYNX Asset Managers está associada a algum grupo financeiro?
+

A LYNX Asset Managers não tem qualquer ligação a um grupo financeiro, tendo sido constituída exclusivamente com capitais nacionais.

O facto de sermos independentes permite- nos escolher os ativos financeiros que mais eficientemente respondem às necessidades dos nossos clientes.



Quais as entidades que regulam a actividade das Sociedades Gestoras de Fundos de Investimento?
+

As entidades que supervisionam a atividade destas sociedades são a CMVM e o Banco de Portugal.

A LYNX Asset Managers exerce a sua atividade ao abrigo do Decreto-lei n.º 163/94, de 4 de Junho, do Regime Geral das Instituições de Crédito das Sociedades Financeiras e do Código dos Valores Mobiliários.

Além disso, é supervisionada pelo Banco de Portugal e pela CMVM.

A supervisão é efetuada através do envio de toda a informação periódica solicitada, pelas ações de supervisão e/ou inspeções que podem ser efetuadas, com/sem aviso prévio, por qualquer uma destas entidades.

A LYNX Asset Managers participa ainda no Sistema de Indemnização aos Investidores.


Quais as comissões cobradas pela LYNX Asset Managers?
+

Regra geral a LYNX Asset Managers não cobra comissões de subscrição nem de resgate nos fundos que comercializa.

Apenas são cobradas uma comissão fixa (de gestão) e uma de performance, de acordo com o fundo/estratégia subscrito por cada cliente. É favor consultar o preçário em vigor na Sociedade para fundos de investimento e carteiras de gestão discricionária (por perfil de risco).